Santo Agostinho: Padroeiro dos Cervejeiros

Aurélio Agostinho (em latim: Aurelius Augustinus) , nasceu na idade média, no ano de 354d.C. , no norte da África, na cidade de Tegaste, na época uma província romana, atual região onde encontra-se a Argélia.  Agostinho foi escritor, teólogo e filósofo.

Agostinho levou uma vida pagã intelectualizada até aproximadamente seus 35 anos de idade, época em que vendeu todos os bens da família, ficando apenas com uma propriedade em sua terra natal e transformando-a em uma fundação  monástica, dedicada a si e a alguns amigos. Basicamente, ele fundou um monastério.

Talvez venha daí o fato dele ser o padroeiro dos cervejeiros. Nossa querida bebida, produzida e consumida a mais de 8 mil anos, teve sua maior expansão justamente nesta época, principalmente dentro de mosteiros. Os monges trabalhavam muito no aperfeiçoamento da cerveja, produzindo e vendendo. Os mosteiros eram uma espécie de “albergue” para viajantes, tipo um hotel de baixo custo e com qualidade.

O fato dos mosteiros servirem como hospedagem de viajantes de diversas partes do velho mundo, me levam a pensar que realmente foi isso que impulsionou a difusão da cerveja como a bebida mais consumida no mundo. Uma vez que os viajantes passavam pelos mosteiros, bebiam e compravam cervejas, as levavam na bagagem e assim a  bebida foi se difundindo pelo mundo. Em um próximo post falarei sobre isso.

Santo Agostinho passou por diversas correntes filosóficas, dentre as quais destaco o Maniqueísmo, e o Neoplatonismo.

Sua principais obras dissertam sobre o problema filosófico do mal e sobre a criação do mundo. Também importantes foram os seus adiantados e influentes escritos sobre a vontade humana, com tópico central na ética.

De acordo com a Wikipedia “Na Igreja Católica, e na Igreja Anglicana, Agostinho é considerado um santo, e um importante Doutor da Igreja, e o patrono da ordem religiosa agostinha. Muitos protestantes, especialmente calvinistas, o consideram como um dos pais teólogos da Reforma Protestante ensinando a salvação e a graça divina.
Na Igreja Ortodoxa Oriental ele é louvado, e seu dia festivo é celebrado em 15 de junho, apesar de uma minoria ser da opinião que ele é um herege, principalmente por causa de suas mensagens sobre o que se tornou conhecido como a cláusula filioque. Entre os ortodoxos é chamado de “Agostinho Abençoado”, ou “Santo Agostinho o Abençoado“

Atualmente ele também um dos pilares da doutrina espirita, codificada por Kardec.

Leave a Reply

*

Featuring YD Feedwordpress Content Filter Plugin


Fatal error: Allowed memory size of 103809024 bytes exhausted (tried to allocate 71 bytes) in /nfs/c08/h04/mnt/125067/domains/grecodeluca.com.br/html/bbc/wp-includes/wp-db.php on line 1377